Inteligência de mercado: por que esse ativo é fundamental para a construção civil? - Software para Incorporadora e Construtora
Inteligência de mercado: por que esse ativo é fundamental para a construção civil?

É comum pensarmos no principal ativo do mercado de construção civil como sendo os próprios empreendimentos imobiliários. No entanto, muitas vezes, entre os ativos a serem valorizados, é importante ir muito além do próprio produto dos processos de construção. Ter a inteligência de mercado como ativo é um grande desafio, e depende de uma estruturação sólida de todos os processos, porém essa mudança de mindset pode oferecer perspectivas e resultados surpreendentes para a sustentabilidade e escalabilidade de seu negócio.

Mas por que investir no desenvolvimento da inteligência de mercado em primeiro lugar? O controle da inteligência de mercado para melhor viabilidade dos empreendimentos, como já vimos aqui no blog da Hiperdados, pode ser crucial na atividade de incorporação imobiliária.

O mesmo princípio pode ser aplicado à área de construção civil. Afinal, quanto mais preciso e ágil for o processo de tomada de decisão, mais competitiva a empresa pode ser no mercado, garantindo maior confiança a seus clientes e parceiros e o timing ideal para suas inovações.

No artigo de hoje, falaremos mais sobre como a inteligência de mercado é fundamental para a construção civil. É possível ser estratégico a ponto de gerar resultados além do escopo inicial e tornar sua inteligência de mercado um ativo para a empresa? Saiba mais a seguir.

A inteligência de mercado sistematizada organiza processos na construção civil

Existem informações técnicas indispensáveis no ramo de construção civil. Estamos falando de insumos, materiais, mão de obra e relatórios de viabilidade do terreno, bem como do projeto.

No entanto, quando se tem um sistema que já permite o controle e a autonomia de funções operacionais, é preciso saber como otimizar processos de maneira estratégica. Afinal, quando uma empresa no ramo de construção civil não se encarrega de um grande lançamento de alta demanda, é preciso que ela se mantenha competitiva e atraente para o mercado.

Nesse contexto, a inteligência de mercado é um ativo fundamental porque permite a organização e potencialização de processos e dos dados gerados e armazenados. Em outras palavras, estamos falando de dados monitoráveis, que geram indicadores com base no cruzamento de múltiplos dados, que podem indicar para a empresa de que forma ela está atuando no ramo da construção civil e insights sobre oportunidades e riscos futuros.

Ter essa otimização facilitada a partir de inteligência de mercado, logicamente, exige um período de desenvolvimento incremental. Quando lidamos com processos internos, é comum que não consigamos ter um cenário completo de como os dados e indicadores se relacionam. Para isso, é necessário que a inteligência de mercado seja amparada por um sistema e uma gestão eficiente e data driven – orientada a dados.

Com a organização de processos baseada e facilitada por uma inteligência de mercado robusta, a inteligência e viabilidade dos processos passam a ser mais otimizáveis e, até mesmo, mais escaláveis para diferentes demandas. Assim, a construtora pode definir com mais assertividade as etapas de negociação, construção e delegação de tarefas, alinhando-as aos objetivos da empresa.


A inteligência de mercado como ativo permite maior diversificação

Calcular a demanda de um setor da construção civil de forma precisa e dinâmica pode parecer um grande desafio. E, realmente, não é algo simples. Mas isso pode ser facilitado.

O que torna essa tarefa mais difícil está nas diferentes variáveis do mercado imobiliário como um todo. Entender como todos os recursos e setores se movimentam e impactam nessa demanda exige a administração de um sistema de inteligência de mercado que entenda como essas necessidades são priorizadas.

Vemos cada vez mais o ramo da construção civil adotando tecnologias e, por consequência ou na busca por inovação, trazendo expertise de diferentes segmentos. Isso faz com que dados e informações que antes poderiam ser analisados estritamente da mesma maneira por um comitê técnico dependam de contexto mais macro. Como fazer a inteligência de mercado oferecer esses insights?

A resposta está na diversificação. Entre as razões que tornam a inteligência de mercado tão valiosa como ativo estão, justamente, as ferramentas e bases que auxiliam na tomada de decisão.

Afinal, as necessidades e linguagem comunicacional de uma equipe no canteiro de obras não são as mesmas de uma equipe de vendas, correto? Saber como garantir a eficácia da operação em diferentes frentes, portanto, possibilita um melhor controle e bom andamento de toda a operação.

Como a inteligência de mercado conversa diretamente com a construção civil?

Realizar uma análise ou concluir o projeto de um empreendimento imobiliário, por si só, já é uma operação que gera um grande volume de dados e informações. Pensar na inteligência de mercado como um ativo importante exige que essas informações sejam centralizadas, acessíveis e que proporcionem análises ágeis e, até mesmo, que permitam antecipar movimentações futuras com mais acurácia. E isso depende de um sistema especializado e bem implementado, projetado para apoiar e valorizar a geração de inteligência de mercado.

Os objetivos de muitas empresas do ramo de construção civil, infelizmente, entram em constante conflito com dados e métricas mensuráveis. Uma gestão operacional, somente, não pode fazer com que dados georreferenciais, por exemplo, se traduzam em um ativo rentável para a operação. E os obstáculos para isso são diversos, passando desde uma cultura desalinhada com a forma que se desenvolve a inteligência de mercado até uma percepção de uma limitação estrutural.

Tudo isso pode mudar ao se implementar um sistema que permita acesso à inteligência de mercado, a partir de dados gerados interna e externamente. Assim, a empresa passa não somente a otimizar-se estruturalmente como também a tornar-se ainda mais competitiva.

Considerando a forma como empresas passam, cada vez mais, a serem orientadas pela maneira com que gerenciam seus dados, a inteligência de mercado passa a desenhar um padrão ouro em termos de boas práticas de gestão para negócios do ramo de construção civil.

E quando se fala de uma área que trabalha diariamente com dados para a viabilização de seus projetos, saber unir essa otimização com a diversificação torna-se algo extremamente fundamental.

Hiperdados: ferramenta de inteligência de mercado para a construção civil

O software de inteligência de mercado do Hiperdados é uma ferramenta especializada e pronta para promover um salto na velocidade e assertividade de análise de dados, compartilhamento de informações e análises que têm como produto insights para uma inteligência de mercado e competitiva aperfeiçoada.

Dados que, antes, poderiam parecer irrelevantes, como o cruzamento e o tratamento oferecidos pela ferramenta tornam-se insumos valiosos para transformarem-se em informação e, posteriormente, em inteligência.

Nessa ferramenta especializada, os dados poderão ser consolidados, agrupados e especificados de formas complexas e personalizáveis, conforme as demandas de seu negócio.

Por exemplo, você poderá utilizar dados operacionais provenientes de um estudo de georreferência para, agilmente, começar um estudo estratégico sobre o potencial de valorização ou desvalorização de algum lote ou terreno, tendo um suporte valioso para tomar a melhor decisão.

E tudo isso é disponibilizado em uma plataforma ágil, simples, intuitiva e altamente visual que permite que, com poucos cliques, você perceba padrões, riscos, oportunidades e indicadores fundamentais para o desenvolvimento e o sucesso de seu negócio.

Você gostaria de conhecer mais sobre essa ferramenta que trabalha a inteligência de mercado de forma tão eficiente e especializada na construção civil? Então, confira as funcionalidades da ferramenta Hiperdados hoje mesmo!

No Comment

Comments are closed.