Como promover a gestão de land bank? - Software para Incorporadora e Construtora

Imobiliárias e incorporadoras têm em seus terrenos não somente empreendimentos que atendem a uma necessidade residencial ou comercial. Estratégias focadas no público-alvo são importantes, e sempre é preciso que haja um fluxo saudável no estoque da empresa. No entanto, é por meio da gestão de land bank que se cria e fortalece uma base de investimentos e ativos.

No post de hoje, você conhecerá um pouco mais sobre land bank. O que é? Como ele é formado? Como esse ativo pode ser gerenciado dentro de uma imobiliária ou incorporadora? Confira a seguir.

Afinal, o que é land bank?

Land bank, em linhas gerais, são os investimentos e o “estoque de terrenos” que podem gerar oportunidades para a atividade imobiliária. De acordo com o momento, é possível fazer com que esses terrenos sejam divididos e seus títulos revendidos para construtoras e demais clientes interessados na proposta.

A formação e aceleração do land bank pode ser gerada por diferentes situações: a valorização ou desvalorização dos terrenos é afetada de acordo com o zoneamento, a população e outros fatores. Outro caso de grande impacto para a aceleração do land bank é a demanda e os valores dos títulos que são definidos a partir da subdivisão dos terrenos.

O processo de land banking de sucesso envolve pesquisa, análise e ferramentas de prospecção acuradas, e, dessa forma, ele deixa de ser apenas um estoque comum e ganha valor estratégico. Com isso, a gestão de land bank se torna um ativo para a incorporadora ou imobiliária e uma força na hora de viabilizar e investir em novos projetos.

Por que formar um land bank?

Primeiramente, é preciso diferenciar o land bank do estoque imobiliário. Ambos envolvem o controle e investimento de terrenos sob a tutela de sua empresa. O que diferenciará o land bank, nesse caso, é o objetivo por trás de sua formação.

Enquanto o estoque imobiliário age como uma base para o fluxo de vendas de uma imobiliária ou incorporadora, o land bank é pensado de modo diferenciado. Enquanto terrenos para empreendimentos imobiliários geralmente são trabalhados em conjunto com a construtora, o land bank busca uma abordagem diferente – no caso, a valorização do terreno em si, sem alterações.

Entretanto, apesar de o benefício do land banking gerar um ativo para seu negócio, é preciso ficar atento. O mercado imobiliário pode fazer com que o investimento se torne um risco para ser mantido sem o conhecimento adequado. Portanto, é preciso saber como prospectar, analisar e negociar os ativos para que se obtenha sucesso na operação.

Requisitos específicos podem mudar totalmente a viabilidade de desenvolvimento de um terreno. Dados topográficos, dimensões do terreno, áreas vizinhas e propriedades ao redor do perímetro têm o poder de impactar no investimento de um terreno para seu lead bank.

O que a gestão de land bank demanda?

Assim como no processo de viabilidade de terrenos para incorporação, a gestão de land bank depende de estudo, avaliação e análise. No entanto, diferentemente dessa etapa, é preciso ter um planejamento diferenciado. Dados ambientais, socioeconômicos e financeiros ganham um ciclo maior, afinal, trata-se de uma prospecção futura e que redireciona investimentos de seu negócio para o mercado imobiliário em si.

Partindo disso, para que a gestão de land bank seja realizada em sua imobiliária ou incorporadora, é preciso que a análise seja precisa. Projeções de oferta e demanda, ofertas concorrentes, dados de crescimento, zoneamento e demais dados precisam ser integrados e de fácil acesso.

Em outras palavras, sua gestão de lead bank tem que ter uma consultoria organizada e soluções próprias para os objetivos de seu empreendimento. Os estudos de cada município, por exemplo, devem estar dispostos de forma estratégica para que, assim, seja possível prevenir riscos futuros.

Considerações finais sobre como promover a gestão de land bank

A princípio, o conceito de gestão de land banking pode parecer especulatório ou dar margem para práticas ilícitas dentro do mercado, mas isso não poderia estar mais distante da verdade.

Terrenos crescem em seu valor a todo ano. Entender o ciclo de desenvolvimento de terrenos ainda sem planejamentos pontuais de incorporação e venda é importante. Além disso, cada pequeno detalhe do terreno pode contribuir ou prejudicar seu valor como ativo no longo prazo.

Para uma empresa do ramo imobiliário, a prática de aceleração de um lead bank requer uma atenção redobrada. Promover a gestão de terrenos maiores para vendas futuras para construtoras e demais clientes não deve interromper ciclos de demanda mais latentes. Isso significa que o investimento no longo prazo dos land banks deve estar alinhado com as práticas de venda da empresa.

Você tem outras dúvidas sobre como promover a gestão de land bank em seu negócio? Então não deixe de conhecer a melhor ferramenta de gestão de terrenos para incorporadoras, o COMPRO TERRENO. Até a próxima!

No Comment

Comments are closed.